Para sabermos o Diagnóstico de Sarcopenia, precisamos saber em primeiro lugar em qual estágio o paciente se encontra. Sabemos tambem, que a sarcopenia é caracterizada pela perda de força muscular, seguida pela perda de massa muscular (M.M) podendo diminuir a funcionalidade muscular, comprometendo a velocidade de macha e atividades da vida diária de um idoso.

Estágios da Sarcopenia:

  • Primeiro estágio é a provável sarcopenia, ou pré-sarcopenia, em que o paciente apresenta somente a perda de força.
  • Segundo estágio é a sarcopenia confirmada, em que além da perda de força o paciente também apresenta perda da massa muscular esquelética.
  • Terceiro estágio, sarcopenia grave, em que o paciente apresenta perda de força muscular, perda de massa muscular esquelética e perda da funcionalidade muscular.

Como chegar no Diagnóstico da Sarcopenia

Para chegar nestes diagnósticos é importante fazer alguns questionários, testes e medidas. Irei dizer, em ordem do primeiro estágio ao terceiro para se obter o melhor resultado.

  • Aplicar o questionário SARC-F: onde são abordadas perguntas do tipo se o paciente possui dificuldade para se locomover, subir escadas e levantar da cadeira. Ótima forma de triagem, com pontuação ≥ 4 para o diagnóstico;
  • Questionário SARC-Calf: composto pelo questionário SARC-F, mais a circunferência da panturrilha, em que para homens com circunferência menor igual a 34cm e mulheres menor igual a 33cm já soma-se uma pontuação de 10 pontos. Assim, acima de 10 pontos já considera uma possível sarcopenia;
  • Método é o Handgrip (dinamômetro);
  • Tomografia do Abdômen;
  • Bioimpedância Elétrica;
  • Ultrassonografia de Quadríceps ou Ressonância Nuclear Magnética;
  • Short Physical Performance Battery (SPPB): provas funcionais, de equilíbrio, marcha e força de extensão do joelho.

Desta forma conseguimos diagnosticar o estágio da sarcopenia para dar inicio ao tratamento físico e nutricional.

Mulher sendo ajudada a descobrir o Diagnóstico de Sarcopenia

Como ajudar os idoso com Sarcopenia a fazer atividades físicas seguro?

Com a ajuda da Pulseira Salva Vidas, o idoso, se sente mais seguro para fazer suas atividades e caso venha acontecer uma enfermidade os processos de atendimento são mais rápidos!

Quer saber mais, sobre Sarcopenia, clique aqui e fale direto com o melhor Nutricionista de Sarcopenia: Rodrigo Sousa


0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.